Aromaterapia, Yoga

Aromaterapia e Yoga: duas artes para o autocuidado

Aromaterapia e yoga são duas práticas que têm como uma de suas principais metas o equilíbrio do ser humano.

Ambas entendem o ser como trimembrado, ou seja, seres que pensam, sentem e agem, sendo estas três qualidades interligadas, interdependentes.

Por isso, o estado do corpo físico reverbera no mental e no emocional, assim como o estado emocional e o mental são percebidos no corpo físico.

Assim, não se pode dar atenção apenas a um dos aspectos humanos. Afinal, se a saúde de um é sentida no todo, bom mesmo é buscar formas de cuidar do físico, do mental e do emocional.

O que faz a Aromaterapia e o que faz o Yoga

A Aromaterapia comprovadamente traz resultados benéficos para o ser em sua integralidade, uma vez que, essencialmente, os óleos essenciais acionam o sistema límbico, responsável pelas emoções e percorrem a corrente sanguínea que distribui para todo o organismo suas propriedades terapêuticas.

Já o Yoga tem técnicas físicas, respiratórias e meditativas que movimentam externa e internamente, estimulando glândulas, órgãos internos, músculos e ossos no processo de equilíbrio humano. Neurônios são ativados, hormônios secretados e toda a química do corpo reverbera no estado mental, emocional e físico.

Então unir as duas práticas, com conhecimento e consciência, trará benefícios maiores e mais efetivos.

A seguir, algumas sugestões de práticas conjuntas de Aromaterapia e Yoga. Antes é bom lembrar que os óleos essenciais são sugestões da nossa aromaterapeuta baseado em sua prática clínica e que a pessoa deve escolher aquele que mais a agrada, aquele que faz sentido e traz as sensações buscadas. Essa escolha é individual, um óleo essencial bom para uma pessoa pode trazer resultados diferentes para outra.

Inalação + Respiração

Objetivo da prática: equilibrar os hemisférios cerebrais, tranquilidade mental, atenção plena.

  1. Sente-se de pernas cruzadas, ou em uma cadeira com pés apoiados no solo, coluna ereta, ombros e pernas relaxados.
  2. Pingue uma gota do óleo essencial de Eucalipto Glóbulos* ou Hortelã-pimenta** ou Pinho Siberiano ou Alecrim*** num pedaço de algodão ou tecido e inale, inspirando e expirando calmamente 5 vezes.
  3. Coloque as mãos sobre os joelhos suavemente e faça uma respiração completa, inspirando até o abdômen inflar, as costelas se afastarem e o peito subir. Expire esvaziando o peito, fechando as costelas e contraindo o abdômen. Não force o corpo, apenas sinta esse movimento que é natural de uma respiração completa.
  4. Tape a narina direita com o polegar da mão direita e respire normalmente 5 vezes pela narina esquerda.
  5. Tape a narina esquerda com o dedo anular da mão direita e respire normalmente 5 vezes pela narina direita.
  6. Desça a mão e faça 5 respirações por ambas as narinas.
  7. Observe o estado da sua mente, observe seu corpo (relaxe tensões desnecessárias, acerte a coluna)
  8. Se sentir vontade, repita os passos de 1 a7.

* Eucalipto glóbulus é contraindicado para crianças até 6 anos.

**Hortelã-pimenta é contraindicado para epiléticos, hipertensos, gestantes, lactantes e crianças de até 7 anos. Pode sensibilizar peles sensíveis, aumente a diluição.

***Alecrim é contraindicado para hipertensos, epiléticos, gestantes, lactantes, crianças com até 7 anos.

Aromatização de ambiente + ásana

Objetivo da prática: ampliar o efeito da prática física com óleo essencial que tem mesmo efeito

Para prática de yoga com objetivo de foco: use óleo essencial de Louro* ou Alecrim* ou Eucalipto Glóbulos* ou Vetiver ou Limão Siciliano* no aromatizador de ambiente, prepare meia hora antes do início do yoga.

Para prática de yoga com objetivo de ter mais disposição, energia para o fazer: use óleo essencial de Bergamota* ou Pimenta Rosa ou Gengibre* ou Tomilho ou Murta ou Mandarina no aromatizador de ambiente, prepare meia hora antes do início do yoga.

Para prática de yoga com objetivo de acalmar, ativar o sistema nervoso parassimpático, diminuir ansiedade: use óleo essencial de Lavanda no aromatizador de ambiente, prepare meia hora antes do início do yoga.

*PRECAUÇÕES E CONTRAINDICAÇÕES:

Louro é contraindicado para gestantes e crianças de até 7 anos. Sensibilizante da pele, em adultos utilize concentrações de até 0,5% em formulações dérmicas.

– Alecrim é contraindicado para hipertensos, epiléticos, gestantes, lactantes, crianças com até 7 anos.

– Eucalipto glóbulus é contraindicado para crianças até 6 anos.

Limão Siciliano é fotossensibilizante, não se exponha ao sol por até 12 horas após o uso tópico. Pode irritar a pele se utilizada uma concentração maior que 2% em formulações para aplicação dérmica.

– Bergamota é fotossensibilizante, não se exponha ao sol por até 12 horas após o uso tópico. Contraindicado para crianças com até 2 anos.

– Gengibre é contraindicado para gestantes e usuários de medicação Heparina ou AAS. É irritante à pele. Requer atenção na aplicação em hipertensos.

Tomilho é contraindicado para gestantes e crianças até 2 anos. É irritante à pele e mucosa, utilize até 1,3% em formulações para aplicação dérmica.

– Murta é contraindicado para gestantes, lactantes e crianças de até 7 anos.

– Mandarina é fotossensibilizante, não se exponha ao sol por até 12 horas após o uso tópico.

Inalação + Meditação

Objetivo da prática: alcançar um estado meditativo

Sente-se de pernas cruzadas, ou em uma cadeira com pés apoiados no solo, coluna ereta, ombros e pernas relaxados.

Pingue uma gota do óleo essencial de Olíbano ou Elemi ou Breu branco* ou Sândalo ou Lavanda num pedaço de algodão ou tecido e inale, inspirando e expirando calmamente 5 vezes.

Coloque as mãos sobre os joelhos suavemente, leve a ponta do dedo indicador até a base do polegar, formando um mudrá.

Faça uma respiração completa, inspirando até o abdômen inflar, as costelas se afastarem e o peito subir. Expire esvaziando o peito, fechando as costelas e contraindo o abdômen. Não force o corpo, apenas sinta esse movimento que é natural de uma respiração completa.

Faça 9 respirações observando o ar entrando e saindo pelas narinas.

Observe os sons que chegam aos seus ouvidos sem se identificar com eles, apenas observe sem se envolver.

Escaneie mentalmente seu corpo sentado, da base ao topo, soltando tensões, conquistando a imobilidade com conforto: apenas o movimento natural da respiração e dos órgãos internos acontece.

Acompanhe a respiração com a seguinte imagem: inspire do espaço entre as sobrancelhas até o meio do crânio, expire do meio do crânio até o espaço entre as sobrancelhas. Conte 27 respirações.

Obs.: se perceber que perdeu a conta ou se perdeu em pensamentos, volte gentilmente à contagem, do início.

*Breu Branco é contraindicado para gestantes.

Uso tópico + Pawanmuktasana I

A série desenvolvida por Swami Satyananda, chamada de Pawanmuktasana (traduzida como exercícios sutis) é benéfica para a saúde das articulações, limpeza energética e de toxinas acumuladas, circulação sanguínea. Também leva o praticante a um estado de atenção plena.

Para conhecer a prática de pawanmuktasana, assista ao vídeo: 2.Asana. Classe 1 e 2, da Bihar School of Yoga

A Aromaterapia também tem tratamentos eficazes para limpeza e saúde das articulações.

Assim, unir as duas terapias pode ampliar e intensificar os benefícios para o ser humano.

  1. Prepare um óleo massageador para as articulações: 10 ml de óleo vegetal de Semente de Uva + 2 gotas de óleo essencial de Manjerona* ou Cipreste** ou Pimenta Preta*** ou Erva Baleeira.
  2. Comece pelos pés: massageie os dedos, fazendo movimentos de rotação em cada um, para ambos os lados, com delicadeza. Massageie todo o pé e os tornozelos.
  3. Faça a série para os pés. Descanse deitada de costas, braços soltos com as palmas das mãos para cima, pés separados e relaxados. Respire nas pernas e pés.
  4. Massageie as mãos, cada dedo, punho, cotovelo, ombro.
  5. Faça a série para os braços. Descanse deitada de costas, braços soltos com as palmas das mãos para cima, pés separados e relaxados. Respire nos braços e mãos.
  6. Massageie o pescoço, passeando com as pontas dos dedos pelas vértebras cervicais.
  7. Faça a série para o pescoço. Descanse deitada de costas, braços soltos com as palmas das mãos para cima, pés separados e relaxados. Respire no pescoço e cabeça.

*Manjerona é contraindicado para gestantes. Evite o uso em excesso.

*Cipreste é contraindicado para uso em trabalho de parto. Evite o uso em gestantes. Evite o uso associado ao medicamento Paracetamol.

*Pimenta preta contraindicado para gestantes, crianças com menos de 2 anos e pessoas com sensibilidade cutânea. Pode irritar pele e mucosa. Para uso corporal indicamos a diluição máxima de 1 gota para 10g de base neutra.

O que esperar

Aromaterapia, assim como o Yoga, é arte e ciência. Arte porque tem finalidade prática através da realização consciente, controlada e racional e ciência por ter seus benefícios comprovados.

São fundamentados na natureza e por isso obedecem a um ritmo para acontecerem: significa que praticar uma vez ou de forma irregular e descontrolada não resulta em benefício algum, dando a falsa impressão de ineficácia.

Por isso, é essencial entender que, sem ritmo, constância e tempo, nenhuma das práticas acima trará resultado.

Mas com Ritmo, Constância e Tempo, os resultados são garantidos!

Boa união, boa prática!

Escrito por: Luiza Paim, professora e estudante de yoga há 13 anos.

Revisão/conteúdo técnico da aromaterapeuta da Âme Du Champ Elziane Paim

Compartilhe este texto citando a fonte 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s